Início > Atualidades > Supostas bases americanas na Colômbia ou Quem acredita no “Top Top” Garcia?

Supostas bases americanas na Colômbia ou Quem acredita no “Top Top” Garcia?


Um misto de preguiça jornalística, mau caratismo ideológico e erros diplomáticos estão gravitando em torno do assunto das supostas bases americanas na Colômbia. O erro diplomático é todo colombiano que não soube explicar de maneira clara esse acordo. Os colombianos falharam em dizer que por conta de uma lei federal americana o número de soldados e civis americanos atuando no solo colombiano é limitado a 800 e 600 respectivamente. Falharam em explicar que as bases serão operadas por colombianos e não haverá transferência de “soberania” como acontece nas bases de Manta (Equador) e Guantánamo ou mesmo na Europa onde os EUA possuem jurisdição.

A velha e conhecida preguiça jornalística, principalmente se tratando de temas internacionais, no Brasil é histórica. Se essa preguiça for contra os EUA ou um de seus aliados então nem se fala. Até agora, pelo menos eu não vi, nenhuma matéria colocando esses pontos que expliquei. E olha que são coisas básicas para entender o assunto. Porque acham que a reunião na Unasul foi esvaziada por Lula após conversa com Uribe? O motivo é fácil de entender e explica também porque o Marco Aurélio “Top Top” Garcia foi escalado e está subindo nas tamancas.

Ouve uma leve mudança na doutrina americana e colombiana para o combate ao narcotráfico. Quem acompanha o assunto há algum tempo sabe que alguns atores de peso entraram na equação. Cada vez mais a Venezuela, Bolívia e o Equador transformam-se em narco-estados. Grande parte da cocaína saída da Colômbia passa pela Venezuela com anuência de Chávez que ganha dinheiro com isso e por sua vez arma as FARC. Os lança-rojões recentemente encontrados com as FARC são provas disso.

A doutrina que era de combate ao tráfico de drogas mudou para contra-insurgência. O que é bem lógico já que as FARC são o maior fornecedor de drogas para os EUA. Atacando a guerrilha marxista, ataca-se o tráfico de drogas.

Por isso o senhor “Top Top” foi escalado. Sabidamente, reconhecidamente e já provado, Marco Aurélio é o contado das FARC no Brasil. Raul Reyes confiava muito nele. Por isso em várias entrevistas ele mente descaradamente dizendo que haverá bases americanas. Não haverá base nenhuma. Ele está é preocupado com o avanço das forças democráticas colombianas contra as FARC. Esse é seu temor. Por isso as mentiras.

E a imprensa, que não faz seu trabalho, ajuda. Inocentemente? Duvido.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: