Início > Política > O Conselho de Segurança e os Caças

O Conselho de Segurança e os Caças


Ontem ficou bem claro porque a pressa para indicar o Rafale como vencedor do FX. De maneira enfática o Presidente francês Nicolai Sarkosy endossou a entrada do Brasil como membro permanente do Conselho de Segurança da ONU. Essa é uma das utopias de Lula desde o início de seu mandato. Para o presidente que nunca saiu do palanque, o Conselho de Segurança da ONU é uma espécie de Xangri-lá moderno. Algo que colocaria o país como um player internacional. A verdade é que o CS é apenas um clubinho que não manda em nada. Isso porque cada um dos membros têm seu próprio interesse e como o veto de apenas um é suficiente para barrar qualquer decisão, daquela cartola não sai coelho nenhum.

As tentativas de Lula de colocar o Brasil no CS da ONU estão saindo cada vez mais caras ao país. É um tal de perdoar dívidas (como se ele fosse o dono do país, perdoa dívidas, dinheiro esse que deveria estar sendo pago e indo para o Tesouro Nacional. Será que não necessita autorização do Congresso para tal?), classificar a China como “Economia de Mercado”, ficar ao lado de todo ditador do planeta e etc.

O caso FX é mais um que entra para essa conta. Não que o Rafale seja um caça ruim, que não tenha suas vantagens, mas a forma atabalhoada, precipitada e porca que o assunto foi conduzido e o discurso de Sarkozy são provas de que o governo mais uma vez utilizou o dinheiro dos brasileiros para bancar seus sonhos mais pitorescos. Quem perde somos todos nós que pagamos a conta. E ela está ficando cada vez mais cara.

Anúncios
  1. outubro 2, 2009 às 9:23 pm

    Grande Pablo, o país membro do CSN tem poder de veto. Isso não é pouca coisa. Essa história dos caças franceses é mais uma derrapada e atrapalhada do Lula (ele chorou hoje no anúncio das olimpiadas) porque ele teria garantido a compra ao Sarkô que veio ao desfile de 7 de setembro — e depois teve de voltar atrás. Sarkô sabe fazer negócios.

  2. senna madureira
    outubro 18, 2009 às 12:20 pm

    Nobre Pablo

    Fiquei estupefato com a sua informação de que São José dos Campos não esta capacitada para desenvolver a tecnologia que será transferida, conforme contrato.

    Assim vai ficar dificil para o Brasil.

    Vamos ficar eternos dependente.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: