Início > Mudanças Climáticas > ClimateGate

ClimateGate


Constantemente somos bombardeados por reportagens sobre o aquecimento global.  Recentemente um estudo afirmou que o brasileiro terá um decréscimo em sua renda por conta do aquecimento global. O presidente francês Nicolas Zarkozy afirmou que pretende criar um imposto para combater o aquecimento global. Talvez os políticos brasileiros façam o mesmo. Talvez venha daí a queda na renda.

Virou rotina descobrir que iremos todos morrer em uma bola de fogo causada pela atuação do homem no planeta. Sempre achei estranha essa suposta unanimidade. Qualquer trabalho científico deve ser encarado como uma verdade parcial. Darwin dizia que ficaria feliz se alguém um dia conseguisse uma teoria melhor que a sua.

Nos últimos dias o mundo ficou estarrecido como o que está sendo chamado de ClimateGate. Milhares de correspondências eletrônicas e arquivos de um dos mais importantes centros de pesquisa mundial sobre o clima, o Centro de Pesquisa Climática da Universidade East Anglia da Inglaterra, foram disponibilizados na internet. Uma das versões diz que foi o trabalho de um hacker que realizou uma invasão nos servidores da universidade. Mas outra versão, que se baseia na declaração feita e no estilo de armazenamento dos arquivos, afirma que um profissional da universidade, descontente com o estilo de ciência praticada pelo Centro de Pesquisa resolveu disponibilizar os dados.

O que se pode perceber ao ler as correspondências trocadas por vários cientistas são os métodos utilizados para manipular o trabalho científico e as informações disponibilizadas ao público. Tem de tudo: manipulação de dados, deleção de informações que não suportariam a tese do aquecimento global, pressão para que trabalhos científicos que não concordam com a tese apresentada sejam publicados em revistas científicas, pressões para que editores e membros de revistas científicas sejam trocados, manipulação de programas de computador, até mesmo comemoração pela morte de um jornalista “cético”. Esse assunto se tornou mais importante, pois recentemente na Inglaterra foi aprovada a lei de liberdade de informação, onde a deleção desse tipo de dado pode ser considerada crime.

O assunto está sendo debatido em todo mundo e é incrível que no Brasil pouco ou nada esteja sendo dito sobre o ClimateGate. Ainda mais com a proximidade do encontro em Copenhagen. O maior perigo dos alarmistas é que enquanto gastamos fortunas para nos prevenir de algo que nunca irá acontecer, ou algo que não se trata de um fenômeno causado pelo homem e sim uma variação natural da temperatura na Terra, algo que acontece há milhões de anos, perdemos a oportunidade de criar programas para proteger as encostas de rios e lagoas, manguezais, florestas, trabalhos sobre impermeabilização do solo das cidades e etc.

Sempre afirmei que o resultado da mentira do Aquecimento Global seria o descrétido das pessoas nos cientistas e na própria ecologia como um todo. Isso não está longe de acontecer.

Anúncios
  1. novembro 26, 2009 às 7:32 pm

    Muito bom o artigo Pablo sobre a paranóia do Climategate. Parabéns. O Obama meio que titubeou mas vai para Copenhagen, apesar do “assessor” Marco Aurílio Garcia estar decepcionado com ele. Coisas do Brasil.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: